Tribunal Regional Federal da 1ª Região

início

Comunicação Social

Imprensa

Notícias

INSTITUCIONAL: CNJ aprova instituição de...

Ir para Menu Ir para Conteúdo Ir para Busca Ir para Mapa Ir para Acessibilidade

Notícias

INSTITUCIONAL: CNJ aprova instituição de prêmio para preservação da memória do Judiciário

14/10/21 08:00

Crédito: Arquivo-TRF1INSTITUCIONAL: CNJ aprova instituição de prêmio para preservação da memória do Judiciário

Durante a 94ª Sessão do Plenário Virtual do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o colegiado aprovou a instituição do “Prêmio CNJ Memória do Poder Judiciário”, para reconhecer atividades, experiências e produções científicas voltadas à preservação e difusão dos bens culturais do Poder Judiciário. Um dos objetivos da premiação é promover a conscientização quanto à necessidade de conhecimento e valorização da história, da memória e do patrimônio cultural.

A premiação será anual e contemplará ações, atividades, experiências, projetos, programas, produções científicas ou trabalhos acadêmicos que contribuam para a valorização dos bens culturais materiais e imateriais do Poder Judiciário, integrantes do patrimônio cultural brasileiro, e para a promoção dos direitos humanos.¿

De acordo com o conselheiro Mário Guerreiro, relator do processo, o “Prêmio CNJ Memória do Poder Judiciário” pretende, ainda, reconhecer e disseminar boas práticas voltadas à temática, com o objetivo de valorizar a história da Justiça e reverenciar a memória de suas personalidades.

Com a entrega prevista para ocorrer durante as edições do Encontro Nacional da Memória do Poder Judiciário, o prêmio contará com sete categorias:

Especial: será definida anualmente, a fim de incentivar política específica de gestão de memória em consonância com os princípios e diretrizes do Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (Proname);

Difusão Cultural e Direitos Humanos: abrange ações voltadas à promoção da cidadania, direitos humanos, cultura, educação, acessibilidade, inclusão, diversidade e sustentabilidade, coordenadas pelos Espaços de Memória dos órgãos;

Trabalho Acadêmico ou Científico: permite a participação do público externo, com produções sobre a história e os bens culturais do Poder Judiciário, abarcando artigos científicos, trabalhos de conclusão de curso (TCC), dissertações de mestrado, teses de doutorado e livre-docência e outras publicações científicas;

Patrimônio Cultural Arquitetônico;
Patrimônio Cultural Arquivístico;
Patrimônio Cultural Bibliográfico;
Patrimônio Cultural Museológico.

Essas quatro últimas categorias reconhecerão as ações voltadas à preservação, à valorização, à difusão e à restauração das respectivas modalidades de bens patrimoniais culturais.

Os trabalhos premiados serão disponibilizados no portal do CNJ e receberão certificados, diplomas e placas.

Saiba mais no portal do CNJ.

LK

Assessoria de Comunicação Social
Tribunal Regional Federal da 1ª Região 

Edifício Sede I: SAU/SUL Quadra 2, Bloco A, Praça dos Tribunais Superiores

CEP: 70070-900 Brasília/DF - Telefone: (61) 3314-5225

CNPJ: 03.658.507/0001-25