Tribunal Regional Federal da 1ª Região

início

Saiba mais sobre Acessibilidade do Porta...

Portal do TRF1

Saiba mais sobre Acessibilidade do Portal

A expressão acessibilidade tem na informática um importante significado. Representa para o nosso usuário não só o direito de acessar a rede de informações, mas também o direito de eliminação de barreiras arquitetônicas, de disponibilidade de comunicação, de acesso físico, de equipamentos e programas adequados, de conteúdo e apresentação da informação em formatos alternativos.

Não é fácil, a princípio, avaliar a importância dessa temática associada à concepção de páginas para a web. Mas os dados W3C (Consórcio para a WEB) e WAI (Iniciativa para a Acessibilidade na Rede) apontam situações e características diversas que o usuário pode apresentar:

1. Incapacidade de ver, ouvir ou deslocar-se, ou grande dificuldade - quando não a impossibilidade - de interpretar certos tipos de informação.

2. Dificuldade visual para ler ou compreender textos.

3. Incapacidade para usar o teclado ou o mouse, ou não dispor deles.

4. Insuficiência de quadros, apresentando apenas texto ou dimensões reduzidas, ou uma ligação muito lenta à Internet.

5. Dificuldade para falar ou compreender, fluentemente, a língua em que o documento foi escrito.

6. Ocupação dos olhos, ouvidos ou mãos, por exemplo, ao volante a caminho do emprego, ou no trabalho em ambiente barulhento.

7. Desatualização, pelo uso de navegador com versão muito antiga, ou navegador completamente diferente dos habituais, ou por voz ou sistema operacional menos difundido.

Essas diferentes situações e características precisam ser levadas em conta pelos criadores de conteúdo durante a concepção de uma página.

Para ser realmente potencializador da acessibilidade, cada projeto de página deve proporcionar respostas simultâneas a vários grupos de incapacidade ou deficiência e, por extensão, ao universo de usuários da web.

Assim, além de torná-las mais acessíveis a pessoas com problemas de visão, reduzem seu tempo de transferência, em benefício da totalidade dos usuários.

Download do programa VLibras para acessibilidade do deficiente auditivo.

A Suite VLibras consiste em um conjunto de ferramentas computacionais de código aberto, responsável por traduzir conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) em Lingua Brasileira de Sinais - LIBRAS, tornando computadores, dispositivos móveis e plataformas Web acessíveis.

Nessa suíte, os conteúdos em LIBRAS são gerados a partir da tradução de textos, legendas ou áudio ou em língua portuguesa, e são representados por um agente animado virtual 3D (avatar-3D).

VLibras-Plugin é um plugin de navegador que, quando habilitado, permite que o usuário traduza qualquer texto selecionado no navegador para LIBRAS de forma automática. Disponível nos navegadores web Google Chrome,Mozilla Firefox e safari:

 Google Chrome

 Mozilla Firefox

 Safari

 Para utilização do plugin basta acessar o link correspondente e instalá-lo, após instalado basta selecionar o texto que deseja traduzir, aperta o botão direito do mouse e selecionar a opção traduzir para LIBRAS.

 VLibras-Desktop é uma ferramenta mais geral que a VLibras-Plugin e pode ser utilizada para traduzir para LIBRAS, textos selecionados com o mouse em qualquer software ou aplicativo instalado no computador pessoal.

 Windows

 Linux

 Fonte: http://www.vlibras.gov.br/

 Lei que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade

Regulamenta as Leis n°s 10.048de 8 de novembro de 2000, que dá prioridade de atendimento às pessoas que especifica, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade

Princípios para a acessibilidade na WEB

A acessibilidade à web é parte integrante do projeto brasileiro de inclusão digital para as pessoas portadoras de necessidades especiais.

No início do processo de adaptação dos sítios existentes a esse novo conceito, foram estabelecidos princípios gerais que, embora sem a garantia de total acessibilidade, favorecem seu conhecimento e experimentação por parte dos responsáveis. São os seguintes:

Quanto à apresentação da informação

Associação de um texto a cada elemento não textual, como imagens, representações gráficas de texto, regiões de mapa de imagem, animações, botões gráficos etc.

Quanto à navegação

Garantia de que as ligações textuais ou com um equivalente textual sejam palavras ou expressões compreensíveis e que os elementos da página possam ser ativados pelo teclado.

Quanto à implantação

Utilização dos requisitos de acessibilidade de conteúdo da WEB do W3C/WAI, disponíveis em português (www.acessobrasil.org.br) ou inglês (www.cast.org/bobby).

inícioInicio - Volta sempre para a Home do portal.

Diminuir Font Diminui o tamanho das letras do portal.

Volta o tamanho das letras Volta o tamanho das letras do portal ao normal.

Volta o tamanho das letras Aumenta o tamanho da font.

Alto contraste Alto contraste - Aumenta o contraste do layout do portal.

Alto contraste Volta o portal para o contraste original.

Ir para MenuIr para o menu - Foca o menu da pagina selecionando o primeiro item do menu.

 Ir para Conteúdo Ir para o conteúdo - Foca o conteúdo da página selecionando o conteúdo.

 Ir para Busca Ir para a pesquisa - Foca o campo pesquisa da página colocando o cursor do mouse no campo da busca. 

Ir para Mapa Ir para o Mapa - Redireciona a pagina para o mapa do site onde é disponibilizado em forma de lista a estrutura do portal com todas as paginas do portal.

Edifício Sede I: SAU/SUL Quadra 2, Bloco A, Praça dos Tribunais Superiores

CEP: 70070-900 Brasília/DF - Telefone: (61) 3314-5225

CNPJ: 03.658.507/0001-25